NOTÍCIAS

Sesi Franca segui isolada na liderança do NBB Caixa após o jogo contra o Flamengo.

09/11/2018

Da Redação | Jornal da Franca

Foto: Divulgação/ Jornal da Franca

Postado por: Wemersom Silva

 

O Sesi Franca Basquete é o novo líder do NBB CAIXA 2018/2019. Após jogo pegado, a equipe francana bateu o Flamengo em confronto direto, no Ginásio Pedrocão, por 84 a 77, e assumiu a liderança isolada da maior competição do basquete nacional.
 
Com a vitória, o Franca se tornou o mais novo líder da atual edição do NBB CAIXA, com sete vitórias em oito jogos. Já o Flamengo, com a derrota no confronto direto, agora detém campanha de seis triunfos em oito oportunidades.
 
David Jackson protagonizou uma partida digna de aplausos contra o Flamengo. Mesmo com a grandeza do duelo, o ala norte-americano não se intimidou e foi o cestinha do jogo com 22 pontos, além de ter pego seis rebotes e alcançado 23 no índice de eficiência.
 
Outros três nomes foram essenciais para o êxito do Franca sobre o Flamengo: o ala Didi, com 17 pontos, o ala/pivô Lucas Dias, também com 17 pontos, e o pivô Cipolini, com 13 pontos. Ao todo, juntos com Jackson, o quarteto anotou 69 dos 84 pontos do time francano no jogo.
 
“Sabemos da qualidade do Flamengo e por isso aumentamos a marcação. Conseguimos ter uma consistência defensiva e anulamos algumas peças importantes. No último jogo já tínhamos melhorado nesse quesito defensivo, mas hoje foi diferente. Mesmo com nosso início ruim ninguém se desesperou e conseguimos mudar a história do jogo”, afirmou o ala/pivô Lucas Dias, do Franca.
 
Pelo Flamengo, o forte jogo coletivo apareceu mais uma vez. No geral, quatro jogadores alcançaram a casa de dois dígitos nas pontuações, casos do ala/armador Deryk (18 pontos), do armador Balbi (15 pontos), do ala Marquinhos (14 pontos) e do pivô Mineiro (10 pontos).
 
“Erramos muito no sistema defensivo. Nossa equipe depende muito da defesa e isso se tornou uma marca do nosso time nos últimos jogos. Não costumamos dar bolas fáceis para o adversário, mas hoje não conseguimos controlar o jogo. Franca é uma grande equipe e a partida foi digna do tamanho que é esse clássico, mas agora é cabeça erguida e vamos pensar nos próximos desafios que temos pela frente”, disse o ala/armador do Flamengo.
 
Retorno
 
O jogo teve o seu momento histórico: após 17 anos longe do Pedrocão, Varejão voltou a atuar no ginásio em que começou sua carreira como profissional. Formado pelas categorias de base da equipe, o pivô rubro-negro jogou na equipe francana da base até os 19 anos de idade, quando se transferiu para o Barcelona (ESP) para, depois, brilhar por anos na NBA.
 
O jogo